Blog

Graus 1 a 10 de Jardim – ou Touro

Postado por:

Neste artigo, explicamos a simbologia dos Graus 1 a 10 do Signo de Touro/ Jardim, ou seja, do 1º Decanato deste signo.

Todos os graus têm uma lição a assimilar e um propósito de consciência implícito e, logo, são positivos. Genericamente, podemos dizer que os temas destes graus são:

Grau 1 (de 0º00′ a 0º59′) – “DEFESA HÁBIL”  [19/20/21/22 Abril(*)]

Grau 2 (de 1º00′ a 1º59′) – “IMPOTÊNCIA OU PREGUIÇA” [20/21/22/23 Abril(*)]

Grau 3 (de 2º00′ a 2º59′)- ”RETORNOS TARDIOS” [21/22/23/24 Abril(*)]

Grau 4 (de 3º00′ a 3º59′)- “HUMOR IRASCÍVEL” [22/23/24/25 Abril(*)]

Grau 5 (de 4º00′ a 4º59′)- “CONTENTAMENTO” [23/24/25/26 Abril(*)]

Grau 6 (de 5º00′ a 5º59′)- “ALTO VALOR INTELECTUAL” [24/25/26 Abril(*)]

Grau 7 (de 6º00′ a 6º59′)- “ENCANTOS FÍSICOS” [25/26/27/28 Abril(*)]

Grau 8 (de 7º00′ a 7º59′)- “DESTINO CONTRARIADO” [26/27/28/29 Abril(*)]

Grau 9 (de 8º00′ a 8º59′)- ”ATRAINDO BONDADE” [27/28/29/30 Abril(*)]

Grau 10 (de 9º00′ a 9º59′)- “APETITES FÍSICOS” [28/29/30 Abril(*) e 1 Maio]

Estes graus devem ser interpretados, em particular, para o grau do Signo Ascendente, resumindo assim o propósito de vida individual e os traços fundamentais do carácter. Pode ser também aplicado para o grau do Sol, da Lua e de outros planetas.

Vejamos, então, em mais detalhe a simbologia de cada um, combinado as fontes Janduz (astróloga francesa) e Rudhyar (astrólogo norte-americano de origem francesa).

 
Grau 1 (de 0º00′ a 0º59′) – “DEFESA HÁBIL”  [19/20/21/22 Abril(*)]

1º DEFESA HÁBIL

SÍNTESE: Para ambos os sexos, este grau trará sempre questões e conflitos, provocados sobretudo pelo caráter corajoso e desenvolto, que lhe pode trazer alguns inimigos; a probabilidade de vencer na vida aumenta na exata proporção da sua persuasão, subtileza (no caso feminino) e força moral, resistência e atitude positiva.

DESCRIÇÃO: “…Uma mulher em pé, como se fosse a representação da “Vitória”, segura uma espada cuja ponta está espetada na areia, enquanto um atleta, segurando um touro pelos cornos, deita-o por terra com elegância.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: A manifestação pura, não contaminada e espontânea da própria natureza de cada um.
DESCRIÇÃO: Um límpido ribeiro da montanha.

LIÇÃO (pela combinação entre as duas séries): Usar elegância, resiliência, optimismo e qualidades morais para ser bem sucedido.

 
Grau 2 (de 1º00′ a 1º59′) – “IMPOTÊNCIA OU PREGUIÇA” [20/21/22/23 Abril(*)]

2º IMPOTÊNCIA ou PREGUIÇA

SÍNTESE: Sujeito a todo o tipo de falhanços, exposto a desânimo provocado por problemas financeiros, catástrofes climatéricas ou pela sua própria atitude; esforços vãos, lutas inúteis, ambições estéreis; indolência, preguiça perante os obstáculos; em qualquer destes casos, a lição será mesmo treinar a sua capacidade de adaptação a um plano de vida razoável de forma a evitar o pior.

DESCRIÇÃO: Um homem cansado ou exangue está estendido no chão, e, passando perto dele, uma mulher indolentemente deitada numa espécie de pequena charrete, seminua, deixa-se levar por um cavalo a passo.

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: O poder cósmico, capaz de transformar todas as complicações da existência natural.
DESCRIÇÃO: Uma tempestade de electricidade.

LIÇÃO (pela combinação entre as duas séries): Combater a tendência para a indolência e a preguiça com uma atitude poderosa e radical.

 
Grau 3 (de 2º00′ a 2º59′)- ”RETORNOS TARDIOS” [21/22/23/24 Abril(*)]

3º RETORNOS TARDIOS

SÍNTESE: Sucesso e abundância na idade madura ou mais avançada; estes sucessos e retornos vão depender da atitude da própria pessoa: a celebração e o resultado de uma vida honesta de trabalho ou gostos depravados e de inclinação duvidosa caso a sua vida tenha sido “suspeita” ou desonesta; se inserido num meio mais culto, o desenvolvimento da inteligência fará contraponto às paixões e a matemática pode ajudá-lo a ser bem sucedido.

DESCRIÇÃO: “…Uma mulher de idade, madura e burguesa, no campo, colhe belas uvas e coloca-as numa cesta que contém já outros belos frutos, enquanto uma mulher, de atitude estranha, se esconde sob um véu.

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: A gradual expansão da consciência individual depois de uma experiência fecundante.
DESCRIÇÃO: Degraus naturais levam a um campo de trevos em floração.

LIÇÃO (pela combinação entre as duas séries): Acreditar no florescimento material, mesmo que numa idade tardia, como resultados de uma atitude honesta e inteligente perante a vida.

 
Grau 4 (de 3º00′ a 3º59′)- “HUMOR IRASCÍVEL” [22/23/24/25 Abril(*)]

4º HUMOR IRASCÍVEL

SÍNTESE: Personalidade tendencialmente colérica e destrutiva, tende a arranjar pretextos para discussões em tudo. Sempre em agitação e mudanças de trabalho constantes devido ao seu caráter, pode atrair as piores desgraças e ter pouca capacidade para as ultrapassar; esta personalidade violenta pode esconder ainda uma vertente de subjugação ou domínio sobre os outros, mulheres principalmente. Pode ser também um artista dramático ou alguém que em algum ponto da sua vida passa por um episódio completamente invulgar.

DESCRIÇÃO: “…Um leão furioso, rugindo, alonga uma pata sobre um tição em chamas, enquanto uma espécie de górgona, de expressão exaltada, brande um chicote com um gesto desordenado”

Versão dos Símbolos Sabianos Rudhyar:
SÍNTESE: Riquezas advindas da vinculação entre a natureza celestial e a natureza terrestre.
DESCRIÇÃO: O caldeirão de ouro que se encontra no final do arco-íris.

LIÇÃO (pela combinação entre as duas séries): Saber expressar construtivamente ou artisticamente os seus instintos coléricos para conseguir atingir a máxima riqueza na vida terrena.

 
Grau 5 (de 4º00′ a 4º59′)- “CONTENTAMENTO” [23/24/25/26 Abril(*)]

5º CONTENTAMENTO

SÍNTESE: Personalidade essencialmente doce e pacífica, com um gosto por atividades rurais, úteis, boa disposição; riqueza de coração, simplicidade; fina diplomacia no que diz respeito às tais atividades bucólicas; mesmo tendo tido uma juventude pobre e penosa, as suas ambições modestas podem ser cumpridas e assim surge um contentamento com o seu trabalho e com todas as coisas boas do quotidiano.

DESCRIÇÃO: “…Um pomar com árvores carregadas de frutos; ovelhas pastoreiam perto de um homem de ar benevolente que racha madeira; num curral, um boi está deitado.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: A não-permanência dos vínculos de caráter material e social.
DESCRIÇÃO: Uma viúva diante de um túmulo aberto.

LIÇÃO (pela combinação entre as duas séries): Desfrutar da bonomia da natureza e do campo, com simpatia, reconhecendo a impermanência das relações afetivas e sociais.

 
Grau 6 (de 5º00′ a 5º59′)- “ALTO VALOR INTELECTUAL” [24/25/26 Abril(*)]

6º ALTO VALOR INTECTUAL

SÍNTESE: Inteligência compreensiva e profunda, aptidões múltiplas; espírito poderoso que conseguirá obter várias conquistas e invenções geniais; honras, dignidades, celebridade científica (se os aspetos planetários assim o favorecerem); mas também possibilidade de perigos e obstáculos; espírito algo superficial, que se contenta com as aparências do saber e da arte; pode ter uma deformação de nascença ou causada por um acidente.

DESCRIÇÃO: “…Uma sala de conferência; um homem no apogeu da sua glória, encontra-se no palco; com um rolo de papel na mão, na cabeça, os louros; na ponta do palco está um homem com três cabeças olhando cada um dos presentes de um ângulo diferente, representando a vasta inteligência do sujeito.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: A conquista do isolamento por meio da cooperação num grupo.
DESCRIÇÃO: Ponte formada por cantiléveres estendida sobre uma garganta profunda.

LIÇÃO (pela combinação entre as duas séries): Saber ser intelectualmente humilde e procurar a contribuição num grupo.

 
Grau 7 (de 6º00′ a 6º59′)- “ENCANTOS FÍSICOS” [25/26/27/28 Abril(*)]

7º ENCANTOS FÍSICOS

SÍNTESE: Beleza física e “sex-appeal” que facilitam o sucesso na vida, a conquista do luxo, do conforto, sorte material; qualidades morais e valor mental; as relações são felizes. Este grau pode corresponder a dois tipos de pessoas, uma conseguindo aliar os seus dons naturais à beleza física, doce e confiante mas um pouco insignificante como pessoa, com uma mentalidade feliz, a outra um pouco orgulhosa e vaidosa, com bom coração mas com muita tendência para jogos de sedução; convém não abusar destes maneirismos, evitando assim acontecimentos associados a violência ou crueldade ou de vítima/culpado; cicatrizes ou marcas físicas.

DESCRIÇÃO: “…O recanto de um parque onde pasta uma vaca domesticada, enquanto ao longe uma bonita e vaidosa mulher se admira num espelho, que segura entre as mãos.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: O encontro do passado tradicional e do espírito criativo apontando para o futuro.
DESCRIÇÃO: A mulher de samaria junto ao poço ancestral.

LIÇÃO (pela combinação entre as duas séries): Usar a beleza e o charme em prol do bem comum e ancestral, com profundidade.

 
Grau 8 (de 7º00′ a 7º59′)- “DESTINO CONTRARIADO” [26/27/28/29 Abril(*)]

8º DESTINO CONTRARIADO

SÍNTESE: Falta de preparação para a vida financeira, o que leva a que tenha de ganhar a vida de forma improvisada; espírito simplista e honesto e com excesso de confiança nas coisas, como se achasse que tudo se conquista com facilidade; dificuldade em manter o pouco que se ganha ou herda; tendência para atrair mulheres complicadas; as mulheres neste grau correm o risco de serem seduzidas e abandonadas à pobreza e solidão.

DESCRIÇÃO: “De um rio cheio pelas chuvas, um idoso esforça-se por retirar alguns ramos, enquanto a sua mulher, sentada numa enorme pedra, olha ao seu redor sem nada ver, absorvida pela sua própria dor.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: O valor da antecipação e da preparação para condições previsíveis.
DESCRIÇÃO: Um trenó num terreno não coberto de neve.

LIÇÃO (pela combinação das duas séries): Saber ser precavido e organizado na sua vida material, para conseguir viver sem preocupações financeiras e atravessar as crises de forma mais apoiada.

 
Grau 9 (de 8º00′ a 8º59′)- ”ATRAINDO BONDADE” [27/28/29/30 Abril(*)]

9º ATRAINDO BONDADE

SÍNTESE: Pode ser uma família numerosa que ocupa todos os aspetos da vida de um pai muito especial; pode também representar filhos espirituais, que ele educa com afeição e que desfrutam da companhia e presença desse pai, seguindo-o com doçura e confiança; gostos bucólicos de abundância, de criação de riqueza com produtos agrícolas e gado; pessoa tendencialmente pacífica, boa, com uma vida prazeirosa.

DESCRIÇÃO: “…Um homem corpulento, com ar de bom filho e feliz, está de pé no meio dos seus animais domésticos aos quais atira grão e a todos os que pastoreiam ao seu redor.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: A capacidade de produzir alegria interna em momentos de aflição.
DESCRIÇÃO: Uma árvore de Natal profusamente decorada.

LIÇÃO (pela combinação das duas séries): Viver a abundância e afeto familiar, em celebração.

 
Grau 10 (de 9º00′ a 9º59′)- “APETITES FÍSICOS” [28/29/30 Abril(*) e 1 Maio]

10º APETITES FÍSICOS

SÍNTESE: Imoralidade inconsciente, vida baseada em satisfações materiais, inclinação para os prazeres sensuais; ligações com enorme risco financeiro ou de bigamia; os homens podem atrair mulheres interesseiras; a mulher pode ser preguiçosa, viciosa, desperdiçando o seu tempo em deboche e coisas vãs.

DESCRIÇÃO: “…Num prado, um boi está deitado ao Sol, com dois melros empoleirados no seu dorso; um bonito cão brinca com duas alegres mulheres perto de uma serpente.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: A união compassiva de todos os homens.
DESCRIÇÃO: Uma enfermeira da cruz vermelha.

LIÇÃO (pela combinação das duas séries): Viver o amor ao próximo de forma abnegada, incondicional e visando cura.

(*) A leitura em relação ao dia de aniversário está dependente do ano (se bissexto ou não, etc) e pode ser confirmada pelo cálculo gratuito no site www.astro.com

Fonte bibliográfica principal:
JANDUZ; LHUER, Claude, “Les 360 Degrés du Zodiaque – Symbolisés par l’Image e par la Cabbale”, Bussière, Paris, 1986.
Fontes bibliográficas auxiliares:
KOPPEJAN, Helene, Willem, “The Cardinal Signs”, Element, Reino Unido, 1990.
RUDHYAR, Dane, “Uma Mandala Astrológica”, Pensamento, São Paulo, 1973.

Por João Medeiros

Mais informações sobre o Signo do Jardim (Touro): Aqui!


Artigos Relacionados:

0

Adicionar um comentário


Share This

Receba grátis o 1º Ebook da coleção Zodíaco - o Signo de Gémeos/ Brisa , ao subscrever a newsletter!

  • Conheça o Signo de Gémeos / Brisa em detalhe
  • Padrões Comportamentais
  • Características Fisionómicas
  • Os Diversos Planetas no Signo
  • A Simbologia dos 30 Graus com imagens