Blog

Graus 11 a 15 de Vulcão – ou Carneiro/ Áries

Postado por:

Neste artigo, explicamos a simbologia dos Graus 11 a 15 do Signo do Vulcão (Carneiro /Áries).

Todos os graus têm uma lição a assimilar e um propósito de consciência implícito e, logo, são positivos. Genericamente, podemos dizer que os temas destes graus são:

Grau 11 (10º00′ a 10º59′) – “DOÇURA E FRAQUEZA MORAL” [30/31 Março e 1 Abril(*)]

Grau 12 (11º00′ a 11º59′)- “AMBIÇÃO CORROSIVA” [31 Março e 1/2 Abril(*)]

Grau 13 (12º00′ a 12º59′)– “RECOMPENSA MERECIDA” [1/2/3 Abril(*)]

Grau 14 (13º00′ a 13º59′)– “MÉRITO CONSCIENTE” [2/3/4 Abril(*)]

Grau 15 (14º00′ a 14º59′)- “TRAIÇÃO” [3/4/5 Abril(*)]

Estes graus devem ser interpretados, em particular, para o grau do Signo Ascendente, resumindo assim o propósito de vida individual e os traços fundamentais do carácter. Pode ser também aplicado para o grau do Sol, da Lua e de outros planetas.

Vejamos, então, em mais detalhe a simbologia de cada um, combinado as fontes Janduz (astróloga francesa) e Rudhyar (astrólogo norte-americano de origem francesa).

 

Grau 11 (10º00′ a 10º59′) – “DOÇURA E FRAQUEZA MORAL” [30/31 Março e 1 Abril(*)]

11º DOÇURA E FRAQUEZA MORALSÍNTESE: Associadas a este grau estão normalmente a beleza e a benevolência, hospitalidade, amabilidade, doçura. No caso dos homens, serão muito solicitados por mulheres, no caso de mulheres, imprudentes e sem vontade própria, com necessidade de agradar; Amores escondidos, uniões livres, mudanças; Com posições planetárias mais mercurianas, o espírito será então mais forte do que os sentidos.

DESCRIÇÃO: “…Uma mulher estendida num canapé ou sofá, com uma atitude e uma desenvoltura ao mesmo tempo elegantes e enganadoras, o vestido parecendo prestes a deslizar pelo ombro.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: o poder resultante da integração formal do desejo coletivo de ordem.
DESCRIÇÃO: O dirigente de uma nação.

LIÇÃO (pela integração entre as duas séries): Conseguir canalizar a amabilidade, doçura, e a sedução como recursos essenciais para a liderança do coletivo.

 

Grau 12 (11º00′ a 11º59′)- “AMBIÇÃO CORROSIVA” [31 Março e 1/2 Abril(*)]

12º AMBIÇÃO CORROSIVASÍNTESE: Seja homem ou mulher, é uma pessoa que se sacrifica pelo bem dos seus, seja pela família, pela casa, pela educação dos seus filhos, que será a melhor, com princípios de honra e elevação ou pelo dos seus pares; Sujeito de atitudes nobres e puras de coração; Dedicado a causas sociais próximas de si, pode representar no expoente máximo da sua expressão um presidente da câmara.

DESCRIÇÃO: “…um homem com os seus dois jovens filhos pela mão, passeia com eles no seu jardim; entrevemos a casa simples através dos ramos. O pai é amável e parece obcecado por uma ideia enquanto nos apercebemos do motivo no espelho de água que lhe mostra o seu reflexo decorado com um cachecol.

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: uma confiança idealista numa imagem mental de ordem universal.
DESCRIÇÃO: Uma revoada, em forma triangular, de um bando de gansos selvagens.

LIÇÃO (pela combinação das duas séries): A honra, civismo e elevação para construir um ideal de grupo, familiar, empresarial ou político.

 
Grau 13 (12º00′ a 12º59′)– “RECOMPENSA MERECIDA” [1/2/3 Abril(*)]

13º RECOMPENSA MERECIDASÍNTESE: Sentimento de missão divina, de audácia para que se cumpra esta missão em vida, sem agredir ninguém mas com a noção perfeita de quem o pode prejudicar ou atrasar; Grande sabedoria e até pioneirismo; Este grau representa também a glória tardia mas inevitável de um sujeito que ultrapassou todas as dificuldades da sua vida. A estrela Alpherat favorece-o, bem como o mês de Abril.

DESCRIÇÃO: “…Uma montanha iluminada pelo Sol que se vai pondo. No topo vê-se um homem de idade, um pouco curvado, com um ceptro na mão direita e uma coroa real na mão esquerda. Um manto largo esconde a sua roupa.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: uma avaliação íntima da possibilidade de transformação súbita do “status quo”.
DESCRIÇÃO: Uma bomba que não explodiu revela um protesto social fracassado.

LIÇÃO (pela combinação das duas séries): Alcançar a glória social, mesmo que tardiamente, sem agredir ninguém… pela sabedoria, resiliência e sentimento de missão.

 
Grau 14 (13º00′ a 13º59′)– “MÉRITO CONSCIENTE” [2/3/4 Abril(*)]

14º MÉRITO CONSCIENTESÍNTESE: Espírito acolhedor, confiante, leal, ambição honesta, força útil; Agricultura, carreira militar, magistratura; Consciente do seu valor, sem exageros; estimado, respeitado, fala de igual para igual com todos os que são bons de coração e de valores, seja qual for a sua posição social e a deles.

DESCRIÇÃO: “…Um homem bem aceite e de bom ar (do género Tastevin borgonhês), sai de uma cave bem guarnecida e apresenta, levantando o braço, um copo cheio de vinho. À sua frente, um cão e um leão sentados entreolham-se amigavelmente.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: identificação, numa relação bipolar, com o ritmo impessoal da energia natural.
DESCRIÇÃO: Uma serpente enrodilhando-se perto de um homem e de uma mulher.

LIÇÃO (pela combinação entre as duas séries): A amizade e a lealdade que podem existir numa relação amorosa e sexual.

 
Grau 15 (14º00′ a 14º59′)- “TRAIÇÃO” [3/4/5 Abril(*)]

15º TRAIÇÃOSÍNTESE: As duas faces da traição; Quando o ascendente está muito perto de Saturno surge uma natureza dissimulada, silenciosa, concentrada, aproveitando-se do amor que inspira nos outros para proveitos próprios; Especulação, jogo, erros de julgamento, confiança mal empregue; Deve ser prudente e conhecer-se bem para evitar a ruína; Atividades relacionadas com a água são desaconselhadas.

DESCRIÇÃO: “…Um homem em perigo de se afundar debate-se contra a corrente; um pouco à frente vemos a passagem que caiu sob os seus passos.”

Versão dos Símbolos Sabianos de Rudhyar:
SÍNTESE: a projeção, na vida quotidiana, da percepção da totalidade e da plenificação.
DESCRIÇÃO: Um índio tecendo uma manta ritual.

LIÇÃO (pela integração das duas séries): Usar a prudência e a paciência, para evitar precipitações e erros de julgamento.

 

(*) A leitura em relação ao dia de aniversário está dependente do ano (se bissexto ou não, etc) e pode ser confirmada pelo cálculo gratuito no site www.astro.com

Fonte bibliográfica principal:
JANDUZ; LHUER, Claude, “Les 360 Degrés du Zodiaque – Symbolisés par l’Image e par la Cabbale”, Bussière, Paris, 1986.
Fontes bibliográficas auxiliares:
KOPPEJAN, Helene, Willem, “The Cardinal Signs”, Element, Reino Unido, 1990.
RUDHYAR, Dane, “Uma Mandala Astrológica”, Pensamento, São Paulo, 1973.

Por João Medeiros

Mais informações sobre o Signo do Vulcão (Carneiro/ Áries): Aqui!


Artigos Relacionados:

0

Adicionar um comentário


Share This

Receba grátis o 1º Ebook da coleção Zodíaco - o Signo de Gémeos/ Brisa , ao subscrever a newsletter!

  • Conheça o Signo de Gémeos / Brisa em detalhe
  • Padrões Comportamentais
  • Características Fisionómicas
  • Os Diversos Planetas no Signo
  • A Simbologia dos 30 Graus com imagens