Blog

O Signo da Montanha – ou Capricórnio

Postado por:

Quais as características do setor zodiacal conhecido como Capricórnio? Porque poderemos designá-lo metaforicamente como a Montanha? Quais as características fisionómicas habituais deste Signo? Quais as diferenças das posição do Sol, Lua, Saturno e Ascendente nesta energia? E quais as particularidades de cada um dos 30 graus deste Signo?

   “O Signo da Montanha é o primeiro do Inverno e o décimo do Zodíaco, sendo definido pela posição do Sol na faixa da eclíptica de 22 de Dezembro a 20 de Janeiro, aproximadamente.

   A Montanha é uma energia de pragmatismo, ambição e responsabilidade. Pretende fundamentalmente edificar realizações e sucessos e ser respeitada pela sociedade em geral. É sólida e grandiosa. Pode ser o refúgio de planificação de uma cidade ou de uma grande obra.

mountain1

   Pessoas com muita energia da Montanha (Capricórnio) nas suas Cartas (muitos astros posicionados neste signo) são normalmente reservadas e sérias no trato com o próximo, mas bastante confiáveis, e dotadas de um grande bom senso.

Têm um sentido inato do dever, são naturais empreendedores, muito focados no êxito. Funcionam numa lógica de objetivos diários a cumprir, almejando uma meta progressivamente grandiosa de chegada a um cume de realização, que poucos conseguem alcançar. Esse cume passa, na maioria dos casos, por ser uma grande carreira, mas também pode ser um casamento para toda a vida, a construção de uma família exemplar, amizades de máxima dedicação, ou tudo isto em simultâneo.

    A Montanha representa também grandes obstáculos na vida, que obrigam à concentração de energia, delineação de estratégias e ao desenvolvimento de uma enorme determinação. Frequentemente, esses desafios estão associados a condições de Inverno interior que afetam a forma como pessoas com este padrão interagem na sociedade e se sentem respeitadas pelos outros. Tanto podem ser condições de pobreza material na infância, como situações de abandono familiar ou morte, problemas físicos, uma relação parental austera ou outras condições que provocam distanciamento dos outros e alguma dor pessoal ou frustração.

mountain_climber

   Assim e, logicamente, a energia da Montanha exige empenho e rigor da parte de si próprio e dos outros, tem uma capacidade inata para lidar com problemas práticos, e é tendencialmente solitária por saber que, na realidade, só conta consigo própria para fazer a difícil escalada que tem em mãos.

   Mas se no início de vida os problemas são enormes, quando se está no sopé da Montanha e se vê um cimo quase inatingível, com o tempo e com a perseverança na subida, a visão muda totalmente. Então, a Montanha passa também a ser um miradouro de grandes maravilhas e de planos territoriais imensos, sendo cada vez mais fácil de escalar com a proximidade do topo. Com a idade, pessoas com a energia da Montanha que são intimamente inseguras e desconfiadas, ganham mais confiança, descontração e grande reputação social.

mountain3

   Chegadas a um cume, o hábito de sucesso fica enraizado e os objetivos tornam-se cada vez maiores, porque o vício de vitória se instala. A energia da Montanha torna-se assim significadora de uma ambição deliberada e hercúlea, em grande escala, de querer conquistar o próprio mundo. Pessoas da Montanha têm naturalmente uma visão a longa distância, pela panorâmica que têm do topo, um sentido estratégico muito forte, e privilegiam os resultados em detrimento das intenções e da beleza dos métodos. São naturais gestores, diretores e líderes sociais, criadores de impérios.

    A maior armadilha de indivíduos com a Montanha dominante prende-se com a dificuldade em apreciarem a própria vida e em se soltarem afetivamente, porque tendem a ser obstinados com objetivos, dedicados ao trabalho e emocionalmente frios. Têm pânico do ridículo social, não têm necessariamente grande sentido de humor e desconfiam do amor. São muitas vezes pessoas duras, sinceras e agressivas no relacionamento com o próximo. No entanto, uma vez conquistada a sua confiança, são capazes de relacionamentos pessoais de plena solidariedade e dedicação, para toda a vida, como rocha sólida e indestrutível.

– ELEMENTO, MODO E REGENTE DA MONTANHA

  O signo da Montanha é composto pelo elemento Terra, sendo prático, organizado e construtivo. Como primeiro signo de uma Estação – o Inverno – participa também do Modo Cardinal, sendo impulsivo, um pouco impaciente e direto na expressão do que pretende. Esta fase do ano, corresponde à grande austeridade do frio e da noite, ausência de vegetação e de fruto que obriga a uma evidência de resultados, depois da fase anterior – a Fogueira – de festa e emigração. Estrutura-se aqui o terreno para um outro ciclo da natureza, há um planeamento das sementeiras, com renovadas ambições e muito mais experiência. Tanto pode corresponder a uma etapa de evidência de fracasso, pelas escolhas do passado, como confirmação do seu sucesso e correspondente elevação social e material. Assim sendo, a energia da Montanha tem inerente uma dicotomia, como qualquer outra energia, sendo neste caso entre a frustração e o êxito.

mountain_climber3

     No plano do Eu Inferior, a energia da Montanha facilita a sobrevivência material e um certo sentido de determinação perante a adversidade, qualquer que esta seja. Porém, também se pode transformar num padrão cristalizante de pessimismo e desconfiança, em relação a tudo, com reflexos negativos na vida emocional. No plano do Eu Superior, favorece o ganho de uma relativa Consciência Coletiva e responsabilidade social, que promovem a cidadania. Desde que assumindo propósitos de desenvolvimento da sociedade, e não por ambição pura de Ego, a energia da Montanha é de uma enorme importância na construção de gigantes obras coletivas, sejam infra-estruturas físicas ou de outra ordem.

   O Signo da Montanha é regido tradicionalmente por Saturno, o planeta imperador, associado aos grandes medos, provas e realizações da vida. Tem como regente alternativo Marte, o planeta guerreiro, que fica bastante favorecido com esta energia, ganhando foco, disciplina e visão estratégica. Em relação ao Eu Divino, a Montanha é reflexo das suas componentes Vontade e Inteligência, sendo assim mais forte a nível do Corpo e da Cabeça.

mountain8

 

– PRINCIPAIS LUZES NA MONTANHA

   Pessoas com o Sol na Montanha são habitualmente designadas como “nativas do Signo de Capricórnio” e partilham das características gerais descritas anteriormente. A figura psicológica do Pai tende a inspirar respeito ou um certo distanciamento afetivo. Dado que é uma energia feminina, tímida e reservada, é mais facilmente assumida nas mulheres do que nos homens. Estes tendem a desenvolver um excessivo apego aos negócios ou trabalho, podendo desenvolver também exagerada competitividade, ironia e arrogância. Em ambos os sexos, é comum passarem uma aura de sobranceria, antipatia e autoridade nas primeiras impressões.

     Com a Lua na Montanha (Capricórnio) está dificultada a vivência familiar e da relação com a mãe, pela verificação de condições austeras na fase de bebé. Essas condições podem variar entre o sentimento de abandono, de repressão ou de pobreza material. Pessoas com esta configuração habituam-se desde a infância a grandes desafios e necessitam sentir-se respeitadas pelos outros. Normalmente, são emocionalmente contidas e sérias.

edificios

    Quando Saturno está posicionado na Montanha, esta torna-se gigantesca. Pessoas com esta configuração tendem a sentir um certo esmagamento psicológico e sentimentos de frustração material ou derrota social, desde cedo, como também podem desenvolver atitudes de colossal ambição, arrogância e megalomania, pelo dinheiro, pelo estatuto e pelo sucesso. A proposta é da correta estruturação de metas de carreira e de realização financeira, para uma grande reputação e seriedade.

     Pessoas com Ascendente Montanha têm frequentemente uma aparência sóbria, madura e seca. Nos homens, pode haver tendência para calvície. Normalmente, o nascimento ocorreu num contexto difícil, pela natureza do próprio parto, pelo esfriamento da relação dos pais, maior sentido de responsabilidade da mãe que pode sentir um fardo nas suas mãos, ou por uma rejeição inconsciente da criança. Em todo o caso, com o tempo e com a consciência, estas pessoas ganham um sentido grande de ambição e determinação inabalável, na consumação dos seus objetivos, quaisquer que sejam.” 

mountain2

Texto extraído do livro A CARTA de João Medeiros

– CARACTERÍSTICAS FISIONÓMICAS DE PESSOAS COM ENERGIAS DA MONTANHA DOMINANTE

Em geral, o rosto é anguloso, rude, e o maxilar inferior mais saliente. Nos homens, é comum um ar sério e calvície precoce. Nas mulheres, uma postura sóbria e séria.

Montanha_Caras

E também o exemplo de algumas personalidades com o Ascendente no Signo da Montanha:

Montanha_Asc

– CARACTERÍSTICAS DE CADA UM DOS 30 GRAUS DO SIGNO DA MONTANHA

Esta é uma abordagem que desenvolvemos em artigos seguintes, aplicando-se sobretudo ao grau do Signo Ascendente (que depende da hora de nascimento). Mas genericamente, a astróloga francesa Janduz atribui as seguintes designações (nota – são apenas designações simples que obviamente não retratam a complexidade simbólica de cada grau e o seu propósito superior) :

1º Decanato – aproximadamente de 21 Dezembro a 1 Janeiro 

Grau 1 (de 0º00′ a 0º59′) – “NATUREZA DUAL”  [21/22/23 Dezembro(*)]

Grau 2 (de 1º00′ a 1º59′) – “IMPOTÊNCIA” [22/23/24 Dezembro(*)]

Grau 3 (de 2º00′ a 2º59′)- “SABEDORIA RESPLANDECENTE” [23/24/25 Dezembro(*)]

Grau 4 (de 3º00′ a 3º59′)- “INICIAÇÃO” [24/25/26 Dezembro(*)]

Grau 5 (de 4º00′ a 4º59′)- “RECEPÇÃO IMPRUDENTE” [25/26/27 Dezembro(*)]

Grau 6 (de 5º00′ a 5º59′)- “AFETO DEVOTO” [26/27/28 Dezembro(*)]

Grau 7 (de 6º00′ a 6º59′)- “APEGO PERIGOSO” [27/28/29 Dezembro(*)]

Grau 8 (de 7º00′ a 7º59′)- “ISOLAMENTO SELVAGEM” [ 28/29/30 Dezembro(*)]

Grau 9 (de 8º00′ a 8º59′)- “DESTINO AMEAÇADOR” [29/30/31 Dezembro(*)]

Grau 10 (de 9º00′ a 9º59′)- “SECRETISMO” [30/31 Dezembro e 1 Janeiro]

2º Decanato – aproximadamente de 30 a 1 Janeiro

Grau 11(de 10º00′ a 10º59′) – “RESPONSABILIDADE” [31 Dezembro e 1/2 Janeiro(*)]

Grau 12 (de 11º00′ a 11º59′)- “CELERIDADE” [1/2/3 Janeiro(*)]

Grau 13 (de 12º00′ a 12º59′)- “ESPÍRITO CRÍTICO” [2/3/4 Janeiro(*)]

Grau 14 (de 13º00′ a 13º59′)- “HARMONIA” [3/4/5 Janeiro(*)]

Grau 15 (de 14º00′ a 14º59′)- “VIDA ARDENTE” [4/5/6 Janeiro(*)]

Grau 16 (de 15º00′ a 15º59′)- “PROEZA” [5/6/7 Janeiro(*)]

Grau 17 (de 16º00′ a 16º59′)- “ELEVAÇÃO” [6/7/8 Janeiro(*)]

Grau 18 (de 17º00′ a 17º59′)- “DISPUTAS” [7/8/9 Janeiro(*)]

Grau 19 (de 18º00′ a 18º59′) – “ESTABILIDADE” [8/9/10 Janeiro(*)]

Grau 20 (de 19º00′ a 19º59′)- “IMITAÇÃO” [9/10/11 Janeiro(*)]

3º Decanato – aproximadamente de 13 a 21 Janeiro

Grau 21 (de 20º00′ a 20º59′) – “RENOVAÇÃO” [10/11/12 Janeiro(*)]

Grau 22 (de 21º00′ a 21º59′) – “ESFORÇO” [11/12/13 Janeiro(*)]

Grau 23 (de 22º00′ a 22º59′) – “PERIGOSO” [12/13/14 Janeiro(*)]

Grau 24 (de 23º00′ a 23º59′) – “SIMPLICIDADE” [13/14/15 Janeiro(*)]

Grau 25 (de 24º00′ a 24º59′) – “DECLÍNIO” [14/15/16 Janeiro(*)]

Grau 26 (de 25º00′ a 25º59′) – “VIDA MARÍTIMA” [15/16/17 Janeiro(*)]

Grau 27 (de 26º00′ a 26º59′) – “SOLIDÃO” [16/17/18  Janeiro(*)]

Grau 28 (de 27º00′ a 27º59′) – “PRECISÃO” [17/18/19  Janeiro(*)]

Grau 29 (de 28º00′ a 28º59′) – “ESPÍRITO CONTEMPLATIVO”  [18/19/20 Janeiro(*)]

Grau 30 (de 29º00′ a 29º59′) – “PODER MAGNÉTICO”  [19/20/21 Janeiro(*)]

(*) A interpretação destes graus também é aplicável ao grau do Sol, dependendo do ano e da hora de nascimento saber qual a sua posição zodiacal exata.

Fica aqui o vídeoclip sobre uma história imperial criada por um capricorniano – um homem da “Montanha”, que é governada por Saturno, o Senhor dos Anéis.


Desejo que tenha sempre que necessária a determinação associada a este signo!

Obrigado, João Medeiros 

Conheça os nossos eventos para breve:

Workshop TOP – TÉCNICAS DE ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL (Coaching Sistémico + Astrologia Vocacional e de Gestão de Carreira) – 17 e 18 Jan. 2015

TOP_NOVO_LOGO2

Outros eventos: AQUI

BIBLIOGRAFIA PRINCIPAL

:A-Carta-Capa-Small

– A CARTA, de João Medeiros (2013)

– LES 360º DEGRÉS du ZODIAQUE , de Janduz (1986)


 

Artigos Relacionados:

4

Comentários

  1. Maria  Janeiro 9, 2015

    Olá,
    Gostei muito do comentário/Artigo do signo da Montanha – Capricórnio.
    Sinto-me espelhada em muitas das descrições. Por regra leio os artigos e comentários que publica, os quais aprecio bastante. Aquilo que mais aprecio nestes é a profundidade dos mesmos, tal como a abordagem original de o fazer.
    Também tenho 2 livros da sua autoria – A Carta e Oceano Ascendente – dos quais gosto muito.
    Obrigada pela partilha.
    Continuação de bom trabalho, pleno ano 2015 e… espero que continue a partilha que o caracteriza, e que muito aprecio.
    Abraço,
    Maria

    responder
    • joaomed  Janeiro 14, 2015

      Obrigado, Maria, pelas palavras muito simpáticas. Tentamos fazer melhor e com a profundidade possível. Um abraço JM

      responder
  2. Mariana  Janeiro 26, 2015

    Olá João quero agradecer lhe pela descrição de Aquário – Neve…achei a alegoria linda! Com os 4 plts pessoais na casa 12, em Aquário, interceptada, Asc Peixes as “coisas” ficam um pouco difíceis…mas como disse Tagore ou Krishnamurti “o dificil consegue-se, o impossivel demora mais um pouco”! Faço também questão de dizer que gostei muito de conhecê-lo ao vivo e a cores visto já ter lido várias dos seus escritos, tendo me identificado bastante com a essencia dos mesmos, o que não é frequente, como descreve :-). Desejo que o discernimento continue a ‘habitá-lo’ no caminho que escolheu e que tão bem e seguramente, cada vez melhor, você percorre, ajudando quem consigo se cruza. Bem haja 🙂 Mariana

    responder
    • joaomed  Janeiro 27, 2015

      Obrigado pelo comentário, Mariana! Também gostei muito de conhecê-la! Até breve JM

      responder

Adicionar um comentário


Share This

Receba grátis o 1º Ebook da coleção Zodíaco - o Signo de Carneiro / Áries , ao subscrever a newsletter!

  • Conheça o Signo de Carneiro / Áries em detalhe
  • Padrões Comportamentais
  • Características Fisionómicas
  • Os Diversos Planetas no Signo
  • A Simbologia dos 30 Graus com imagens