Blog

Os Filhos no Horóscopo

Postado por:

O mapa astrológico de uma pessoa pode dar indicações importantes sobre a probabilidade de alguém ter ou não filhos ao longo da vida e sobre a dinâmica de relacionamento com os mesmos.

Quais os factores associados a filhos, no horóscopo?

Durante muito tempo, associou-se o factor “filhos” quase exclusivamente à casa 5. No entanto, isso não corresponde à verdade. Outros factores, mais importantes se sobrepõem.

1. Em primeiro lugar: a LUA.

Quando está nas casas angulares (nas casas 1, 4, 7, 10), em especial no mapa de uma mulher, é forte indicador da maternidade como o factor mais relevante e importante para a sua vida e para a sua evolução. A casa 11 é também uma posição forte.

Mesmo não estando nestas casas, a Lua pode ainda ser o planeta mais elevado no Céu, ou estar visualmente em destaque.

Em signos da sua Triplicidade (Água e Terra), normalmente esse factor é reforçado. Aspectos fluidos (trígonos, conjunções ou sextis) de planetas férteis (Júpiter ou Vénus) favorecem a maternidade (ou paternidade).

Aspectos tensos da Lua (quadraturas, conjunções e oposições) com planetas inférteis (Marte ou Saturno) dificultam a maternidade, retardando-a, ou tornando o relacionamento com os filhos mais condicionado.

Aspectos fluidos da Lua ao Meio-do-Céu e Ascendente facilitam a maternidade e a sua vivência, enquanto que os aspectos tensos constrangem.

2. Em segundo lugar: MERCÚRIO.

Este planeta também pode representar crianças, em idades escolares, pelo que a sua colocação, debilidade ou dignidade, também são de considerar. Um Lua muito débil pode ser neutralizada se Mercúrio estiver muito dignificado e vice-versa.

3. Em terceiro lugar: as CASAS 5 e 11.

A Casa 5 representa os filhos como fruto de uma atitude mais espontânea, adolescente e hedonista perante a vida. Logo, estará mais associada aos filhos que surgem de forma mais fortuita, imprevista.

A Casa 11 representa os filhos como fruto de uma relação de maior comunicação, planeamento e expressão social, baseada numa franca amizade e em objectivos de vida comuns.

Digamos que a Casa 11 pode significar os filhos que resultam de um casamento sólido, no sentido de instituição social.

Tipicamente e por contraste, os filhos da Casa 5 serão resultantes de relações não tão oficializadas publicamente, como por exemplo, de um compromisso mais passional e romântico.

Conforme os planetas e signos situados nestas casas, assim serão as probabilidades de um indivíduo ter ou não filhos ao longo da vida, dentro de uma idade e condição consideradas aceitáveis.

4. Em quarto lugar: condição dos planetas regentes das CASAS 5 e 11.

Não havendo planetas nas casas 5 ou 11, a colocação dos planetas regentes dos signos que abrem essas casas será ainda mais essencial na análise.

Se esses planetas estiverem em boa condição (por signo, casa e aspecto) serão argumentos muito favoráveis.

5. Em quinto lugar: o signo ASCENDENTE, seu REGENTE, e os signos fertéis.

O signo Ascendente também contribuirá para a análise uma vez que o Ascendente é o ponto de maior vitalidade no mapa, significando o nascimento para a Luz.

Signos férteis no Ascendente, como Caranguejo, Peixes, Touro serão argumentos favoráveis enquanto que signos menos férteis (no sentido tradicional) como Leão, Capricórnio, Aquário serão argumentos contra.

Os mesmos raciocínios das linhas anteriores aplicam-se à condição do planeta regente do Ascendente, e aspectos ao mesmo.

6. Em sexto lugar: a PARTE Arábica DOS FILHOS.

É um ponto do horóscopo calculado com base na distância das posições de Júpiter e Saturno, projectadas a partir do Ascendente. O seu cálculo difere de mapas diurnos para nocturnos.

A posição da Parte dos Filhos por casa e signo, e especialmente, do seu planeta regente, darão mais indicações sobre fertilidade e filhos, podendo acentuar ou compensar todos os factores anteriores.

7. Em sexto lugar: GRAUS ZODIACAIS.

Haverá ainda um conjunto de graus do Zodíaco considerados mais luminosos e que funcionarão a favor da realização na maternidade/ paternidade se planetas importantes (como a Lua) aí estiverem situados.

Resumindo, há uma série de factores que devem ser considerados em bloco para compreender esta dinâmica sobre um tema de tão elevado interesse para o público em geral: os filhos.

Haverá ainda uma variável que não faz parte do horóscopo e que será determinante: o factor consciência.

Um indivíduo de elevada consciência espiritual (o que é raro) poderá ter um tema astrológico de uma enorme fertilidade que não se expressa em termos de filhos biológicos, mas sim em grandes obras criativas.

Artigos Relacionados:

4

Comentários

  1. Debora  Abril 16, 2013

    Eu tenho marte, saturno e plutão na 5 casa e todos em escorpião mas estão em harmonia com a lua e jupiter, tenho 11 casa em àries, quando fiz meu mapa astral o astrologo disse que era um dos mapas mais complicados que ja leu. A minha lua està em trígonos, conjunções e sextis com saturno marte plutão, a minha lua não tem aspectos negativos, minha 4 casa està em virgem, espero ser mãe em breve e espero que os meus filhos sejam talentosos, inteligentes e educados. Estou hà 2 meses tentando engravidar, e espero conseguir apesar de ter um problema bem pequeno, espero mesmo conseguir realizar meu sonho de ser mãe. Adorei a matéria 🙂

    responder
    • joaomed  Abril 18, 2013

      Cara Debora, grato pela partilha espero que o seu sonhe se concretize. abraço JM

      responder
  2. Debora  Abril 16, 2013

    Hà meu ascendente é em cancer, sou super carinhosa, e tenho aquele ar maternal mesmo 🙂

    responder
    • joaomed  Abril 18, 2013

      Cara Debora, grato pela partilha espero que o seu sonhe se concretize. abraço JM

      responder

Adicionar um comentário


Share This

Receba grátis o 1º Ebook da coleção Zodíaco - o Signo de Gémeos/ Brisa , ao subscrever a newsletter!

  • Conheça o Signo de Gémeos / Brisa em detalhe
  • Padrões Comportamentais
  • Características Fisionómicas
  • Os Diversos Planetas no Signo
  • A Simbologia dos 30 Graus com imagens