Blog

Saturno em Escorpião – De 2012 a 2015

Postado por:

De dia 5 de Outubro de 2012 a Setembro de 2015, o planeta Saturno atravessa Escorpião. O que esperar tanto a nível coletivo como pessoal, deste trânsito? O que aconteceu durante as anteriores ocorrências desta efeméride, no séc. XX? Qual a proposta evolutiva em causa, atendendo ao contexto crítico da civilização atual e da nação?

Para se interpretar em detalhe o ciclo Saturno em Escorpião, que dura cerca de 3 anos, teríamos que tomar em consideração outros movimentos planetários e siderais, uma vez que os ciclos planetários se interpenetram.

Entre estes movimentos destacam-se o ciclo Júpiter-Saturno e o ingresso da grande estrela Régulus em Virgem, de que falámos em artigos e exposições anteriores ¹.

 Mas então o que esperar concretamente para este trânsito de Saturno em Escorpião?

Do ponto de vista genérico, este trânsito irá desafiar-nos a viver a responsabilidade (Saturno) com mais intensidade, paixão e verdade (Escorpião). Ou seja, a sermos mais confrontadores, reivindicativos, apaixonados e sinceros, tanto nos relacionamentos pessoais como na relação com instituições, como empresas, patrões ou o Estado.

Será uma proposta para vivermos o poder pessoal com mais confiança e maturidade, incentivando-nos a desenvolver relacionamentos muito fortes, altamente comprometidos e verdadeiros, em que o conflito pode ser necessário para que se alcancem ganhos de confiança.

É uma época para quebra de tabus sexuais, para um maior poder da mulher na sociedade (Escorpião é um signo feminino e sedutor), para um despertar de interesses pelos grandes mistérios da História e do Universo e, provavelmente também para a expansão das ciências ditas tradicionalmente como “ocultas”.

Mas vejamos o que aconteceu coletivamente nos últimos trânsitos de Saturno por Escorpião, que ocorrem em períodos de cerca de 30 anos de distância, o tempo que demora a dar a volta completa ao Zodíaco:

DEZ 1923 a DEZ 1926 – O PERÍODO ” MÁFIA”

Esta altura correspondeu a uma expansão acelerada da corrupção, da prostituição e do tráfico ilícito de álcool e drogas. Gangsters como Al Capone dominavam a economia paralela norte-americana e devido à influência da Máfia, o FBI começou a desempenhar um papel cada vez mais ativo e estruturado no combate ao crime organizado.

Organizações secretas como o Klu Klux Klan, de princípios racistas e fanáticos, viveram também um crescimento das suas atividades. Mussolini assumiu poderes ditatoriais e Hitler publicou  Mein Kampf. Foi descoberto o sarcófago de Tutankhamon e Hublle anunciou a existência de outras galáxias. Foram eleitas as primeiras mulheres governadoras nos EUA.

Em Portugal, vivia-se uma crise económica profunda com situações de grande miséria social, o que tornou inevitável a instauração de uma ditadura militar, a 28 de Maio de 1926, o início do Estado Novo, mais tarde reforçado com Salazar.

OUT 1953 a OUT 1956 – O PERÍODO “PLAYBOY”

Desde início, este período foi marcado pelo lançamento da Playboy, primeira revista erótica com grande distribuição mundial, tendo a sex-symbol Marilyn Monroe destacada na edição de estreia. A pouco e pouco, com o pós-guerra e desenvolvimento dos meios de comunicação, o interesse pela pornografia disparou.

O Rock and Roll começou a ter grande adesão na sociedade e foi reconhecida a causalidade entre o consumo de tabaco e o câncro. Houve importantes descobertas na genética, como a constituição de dupla hélice do ADN e a identificação correta da estrutura dos cromossomas.

Nestes anos, foram lançados os primeiros romances sobre James Bond, o agente secreto 007, da autoria de Ian Fleming e mais tarde popularizado no cinema.

Foi desenvolvida a eletricidade por via nuclear e o conceito de anti-matéria; foi transplantado o primeiro órgão humano.  Estabeleceu-se o Pacto de Varsóvia, aliança de defesa militar entre países comunistas. Em Portugal, vivíamos em plena ditadura salazarista.

NOV 1982 a NOV 1985 – O PERÍODO “THRILLER”

Esta época foi marcada por crises da dívida de vários países e, particularmente, de Portugal, que atravessava uma profunda crise financeira o que obrigou ao recurso, pela segunda vez, ao empréstimo do Fundo Monetário Internacional.

A primeira mulher americana foi lançada no espaço e Indira Gandhi foi assassinada. Margaret Thatcher vivia hegemonia política em Inglaterra, apesar das políticas neo-liberais. Gorbatchev encetava a Perestroika.

Na cultura popular, logo à entrada de Saturno em Escorpião foi lançado o álbum “Thriller” de Michael Jackson, que se tornou o mais vendido de todos os tempos, famoso pelo seu vídeoclip assombroso com mortos-vivos, a dançar.

Também estes anos corresponderam ao lançamento dos primeiros albuns de bandas de Trash Metal como os famosos Metallica, Slayer, Megadeth e os brasileiros Sepultura, todos eles evocando a morte (Escorpião) em forma de arte.

Houve uma intensificação da fome em países sub-desenvolvidos e, nomeadamente, na Etiópia, o que gerou uma onda de solidariedade mundial como o concerto Live Aid.

A Sida tornou-se mundialmente visível como doença mortal, de transmissão sexual, após a morte da primeira grande estrela internacional Rock Hudson. Em Portugal, morreu António Variações, igualmente vítima do vírus da Sida. Estes factos trouxeram à consciência coletiva a necessidade de responsabilização sexual, particularmente no mundo gay, mas extensível a toda a sociedade.

OUT 2012 a SET 2015 : E AGORA?

Todos os factores referidos nas três épocas mais recentes revelam padrões do signo de Escorpião, nomeadamente, as crises financeiras, economias paralelas, descobertas cosmológicas ou genéticas, força da mulher e novos comportamentos sexuais.

Atendendo ao estado atual da sociedade, é muito natural que neste período se assista a mais greves e revoltas populares, pelo globo, bem como a uma grande transformação dos mercados financeiros e do mundo do trabalho.

No entanto, uma vez que Escorpião é um signo fixo, este processo de braço de ferro será tendencialmente lento e algo pantanoso, com informações pouco claras, jogos de bastidores, corrupção, combate ao crime e assimetrias de poder.

Durante este trânsito, somos chamados a curar as nossas patologias comportamentais e “câncros” kármicos, como velhos medos e barreiras, que nos impeçam de sentir vivos e poderosos. É efetivamente uma proposta de catarse interior, uma vez que Escorpião corresponde a uma energia introvertida.

Tudo aquilo que nos traz desconforto ficará mais evidente, levando-nos a estágios de ódio e raiva, se nada fizermos para alterar as circunstâncias, sejam relacionamentos sem cor ou trabalhos escravos.

As pessoas poderão ficar mais sensíveis a depressões, mesmo que o propósito seja o de se consciencializarem daquilo que mais amam – sejam filhos, cônjuges, projetos de carreira ou outros – e lutarem pelo seu poder, tanto laboral como emocional e sexual, mas libertando-se de todos os valores supérfluos.

Claramente será uma altura para as pessoas trabalharem questões como a sua sexualidade, gestão financeira e saúde psicológica, uma vez que estarão sujeitas a tensões mais profundas e também mais dispostas a ultrapassar limites de adrenalina, por vontade própria ou por necessidade de sobrevivência.

Tanto o desporto como a solidariedade poderão tornar-se atividades mais indicadas para o aproveitamento positivo deste trânsito.

Pessoas com muita energia (planetas de nascimento) em Touro, Leão e Aquário serão mais desafiadas a transformar profundamente as suas estruturas comportamentais, enquanto que indivíduos com muita energia em signos de Peixes, Caranguejo, Virgem e Capricórnio poderão sentir todo este processo como facilitado, atendendo à sua profundidade inata.

No Mapa da Fundação de Portugal, este trânsito (que ocorre a cada 30 anos) pede responsabilidade na gestão dos recursos materiais (Casa 2) pelo que é relativamente previsível que este assunto – finanças públicas – seja o tema dominante nos próximos 3 anos.

Ainda assim e, no bom sentido, esta pode ser uma época arrepiante em que as pessoas consigam ver o que está “oculto” dentro de si, como as suas reais origens históricas e espirituais, bem como o imenso poder interior que é dado pela auto-consciência.

Em linguagem sânscrita, esse poder designa-se como Kundalini, o despertar da Serpente.

A popularização do Tantra e da sexualidade sagrada é igualmente uma hipótese para este ciclo, de Outubro de 2012 a Setembro de 2015, como resposta à necessidade de sacralização e sublimação da energia sexual coletiva, transmutando a ânsia inconsciente de morte em Amor.

Aqui fica a recordação de “Thriller” para comemorar Saturno em Escorpião, um período coletivo em que tudo é possível e em que é natural que sejamos confrontados com sustos, surpresas e com a nossa própria sombra! Entre o Diabo e a Cruz, para alguns, mas com a possibilidade de Cura para todos!

Então, boa viagem e que das Trevas surja a Luz, o Prazer e a Dança!


Um abraço

João Medeiros

 ¹ Ver o Vídeo Os Maias, 2012 e o Novo Mundo; o artigo A Revolução da Terra- Astrologia, os Maias e a Nova Era; e a palestra a Mudança do Mundo

Artigos Relacionados:

15

Comentários

  1. Mané  Outubro 7, 2012

    Gostei imenso João, obrigada

    responder
    • joaomed  Outubro 7, 2012

      Obrigado, Mané!

      responder
  2. Christel Aschpurwis  Outubro 8, 2012

    Olá João, obrigada pela info – agora já te posso acompanhar de novo pela net – acho os teus artigos espectaculares, muito informativos e esclarecedores e prometo: já não vou perder mais nenhum!!! Bjs e tudo de bom para Ti,Christel

    responder
    • joaomed  Outubro 8, 2012

      Obrigado Christell – podes acompanhá-los por temas, aqui ao lado. Em breve, um capítulo só de desporto, também. Bjinho JM

      responder
  3. Leonardo Gonçalves  Outubro 8, 2012

    Brutal mais uma vez João.
    Adorei.

    responder
    • joaomed  Outubro 8, 2012

      Leo, Grande Guru! Obrigado por toda a ajuda colossal que me deste. Abraço JM

      responder
  4. rita gouveia  Outubro 18, 2012

    ja estou ligada a net……mais uma ferramenta para o meu processo de crescimento…..obrigado

    responder
  5. Maria João Mega  Novembro 3, 2012

    João
    Profunda Gratidão fez-me todo o sentido o que escreveu sobre este trânsito. Já o estava a sentir e ao ler o que escreveu encaixou no meu puzle!!!

    Continue sempre muito bom!!! Vou postar no meu mural do FB 🙂
    Abraço Cósmico

    responder
    • joaomed  Novembro 5, 2012

      Obrigado, Maria João! é verdade… um trânsito coletivo tocas-nos sempre a todos. Um abraço JM

      responder
  6. Maria João Cruz  Fevereiro 27, 2013

    Olá João. Para quem nasceu durante um ciclo de Saturno em Escorpião, a sua análise torna-se especialmente interessante e útil … Muito obrigada.
    Um abraço.
    MJ

    responder
    • joaomed  Fevereiro 28, 2013

      Um Saturno altamente desafiante! m abraço JM

      responder
  7. Andreia Coelho  Fevereiro 28, 2013

    Excelente artigo.
    Grata pela publicação/partilha.
    AC

    responder
    • joaomed  Março 2, 2013

      De nada! Veja os restantes artigos também! Abraço JM

      responder
  8. armanda lima  Outubro 29, 2013

    Como sempre João…excelente texto.
    Em poucas palavrs diz tudo
    Obgda. Estou sempre a aprender cada vez que aqui venho
    Pouco a pouco vou lendo todos os artigos e passando a amigos/as
    Bjhos

    responder
    • joaomed  Novembro 4, 2013

      Obrigado Armanda! Um beijinhoJM

      responder

Adicionar um comentário


Share This

Receba grátis o 1º Ebook da coleção Zodíaco - o Signo de Carneiro / Áries , ao subscrever a newsletter!

  • Conheça o Signo de Carneiro / Áries em detalhe
  • Padrões Comportamentais
  • Características Fisionómicas
  • Os Diversos Planetas no Signo
  • A Simbologia dos 30 Graus com imagens