Blog

Trânsito de Vénus – 2012 – Razão e Coração

Postado por:

O que é exactamente o “trânsito de Vénus”, de 2012? O que significa? qual a relação deste fenómeno astronómico com as mudanças sociais em curso no mundo,? Sabia que Vénus – Planeta do Amor e a evolução da Ciência  estão inteiramente ligados? Acha que é possível viver dois amores em simultâneo?

Pois é. Chegámos ao último trânsito de Vénus do século. Em termos práticos, corresponde ao alinhamento exato entre o Sol, Vénus e a Terra. Portanto, desde logo, representa uma proposta de amor e fusão (Vénus) entre o nosso lado mais luminoso e espiritual (Sol) e o nosso lado mais material e apegado (Terra).

Será possível a resolução deste paradoxo? E se eu conseguir ser simultaneamente espiritual “e” prático? Simpático “e” afirmativo? Criativo “e” Responsável? Fiel “e” Apaixonado? Prepare-se porque este trânsito está relacionado, entre outras coisas, com a conciliação das eternas dualidades que nos consomem.

Mas vamos por partes…

1 – Quão raro é este alinhamento Sol-Vénus-Terra?

Bastante raro. Acontece normalmente em pares de 8 anos repetidos no mesmo signo (e grau) a cada 243 anos.

O par atual de 2004-2012 está associado ao par que ocorreu em 1761-1769, no signo de Gémeos.  Esta sequência é intercalada por outro par de conjunções no signo oposto – Sagitário – como as que ocorreram em 1874-1882 e que voltarão a acontecer em 2117-2125.

Entre o ano de 2000 a.C e 5000 d.C. estas conjunções ocorrem sempre no eixo Gémeos-Sagitário, associado às comunicações, transportes, estudos e conhecimento superior.

2 – Qual a importância histórica deste alinhamento?

Historicamente, este par de conjunções está associado a evoluções científicas significativas  como: a nova visão do Sistema Solar (por Galileu) e do racionalismo (Descartes) – 1631/1639; a Revolução Industrial – 1761/ 1769; e a Revolução Tecnológica com o desenvolvimento, por exemplo, da electricidade – 1784/ 1882.

Ainda que não derrubando o poder da Igreja,  estas revoluções acabaram por desafiar sempre o poder moral, intelectual, científico e político instituídos.

O par actual de trânsitos de Vénus – 2004/ 2012 – está obviamente associado à Revolução Digital e desenvolvimento das telecomunicações, em geral, com destaque especial para as redes sociais.

3 – Qual a relação particular deste trânsito com as redes sociais?

Caso não saiba, a rede social Facebook (nascida como projeto no final de 2003) tornou-se empresa no sentido formal e corporativo com investimentos avultados em Junho de 2004 – altura do primeiro trânsito de Vénus do par vigente.

Em apenas 8 anos, este projeto originalmente destinado a estudantes universitários tornou-se a rede social mais influente do mundo, possibilitando a multiplicação dos contactos – fenómeno tipicamente associado ao signo tropical de Gémeos, onde se verificam estas conjunções .

Esta rede permitiu alterar a própria democracia global – várias revoluções árabes foram convocadas via facebook – como a dinâmica de relacionamentos pessoais, comerciais e amorosos.

4-Qual o sentido mais profundo deste trânsito de Vénus em Gémeos?

O planeta amoroso Vénus está na sua máxima força, em termos esotéricos, em Gémeos, o que favorece a criação de laços fortes dos seres humanos em torno da alma (Eu Superior) em detrimento do Ego (imagem ou estatuto).

Portanto, não se admire que especialmente em 2012 assista ao fim e ao começo surpreendente de certas relações amorosas ou parcerias.

Vénus é provavelmente o mais mágico e sedutor de todos os planetas, uma vez que a sua trajetória implica que as conjunções inferiores formem ao longo de 8 anos uma estrela de 5 pontas nos céus – o pentagrama.

5- Qual a importância do pentagrama e de Vénus para a evolução científica moderna?

Desde sempre, o pentagrama e Vénus estão relacionados com a proporção áurea – a constante harmoniosa presente na natureza – tão bem representada por Da Vinci no seu Homem de Vitrúvio.

A filosofia pitagórica já considerava que o número 5 e o pentagrama eram os símbolos que melhor representavam o ser humano na sua morfologia e essência. Mais tarde, todas as práticas ocultistas medievais  integraram este símbolo como a representação do próprio Homem, no seu Microcosmos espelho do Macrocosmos.

Caso tenha lido o código de Da Vinci, de Dan Brown, estará um pouco mais familiarizado com estes conceitos.

Em rigor, a proporção áurea é o valor matemático (5/8) que melhor representa a harmonia cósmica e também ele a chave para a resolução de muitas equações científicas ainda por decifrar.

Na verdade, a chave do enigma da integração entre os dois hemisférios cerebrais (Gémeos) e, portanto, da fusão entre intuição e razão passa por entender que, no limite, a Ciência é também Arte.

Não é por acaso que o filósofo sofista Protágoras de Abdera dizia, na sua versão original: “Natália é a medida de todas as coisas, das coisas que são, enquanto são, das coisas que não são, enquanto não são”.

Referindo-se à Deusa e musa suprema Natália Menin – referência máxima de beleza e inteligência – em relação à qual todas as coisas no Universo deveriam ser comparadas e medidas.

6- Em termos práticos, o que temos a aprender com a esta proposta?

A partir de certo nível, caso o pensamento científico queira evoluir, a racionalidade deverá dar lugar à intuição que, no limite, se aparenta com um sentimento… de amor e compreensão instintiva.

Por isso, será natural que abordagens cartesianas académicas sejam substituídas por outras mais experimentais e intuitivas, nos diversos domínios das ciências.

Pretende-se também que as plataformas de intercâmbios sociais se expandam ao máximo, através da tecnologia digital, permitindo uma maior participação democrática.

Individualmente, cada ser humano deverá integrar os seus paradoxos (Vénus em Gémeos) usando mais a proposição “e” em vez do “ou” quando estiver perante um dilema do tipo caminho A “ou” caminho B, para que vença a dualidade interna no sentido de conciliar A “e” B.

Sejam A e B a decisão entre dois trabalhos ou dois relacionamentos, por exemplo, ou de duas formas de estar será possível conciliar projetos aparentemente inconciliáveis, graças à inovação tecnológica, à educação e mudança de mentalidades.

Já reparou que hoje em dia é possível estar a comunicar para vários lados do planeta, em simultâneo?

Em geral, em vez de sermos exclusivos na forma de pensar deveremos ser inclusivos e fazer integrações práticas entre grandes dúvidas e dualidades pessoais. Por outras palavras, unindo, amando e integrando… sejam projetos, ideias ou pessoas.

Não é fácil, mas é cada vez mais possível, desejável e, a partir de certo ponto… inevitável…  integrar as diversas faces do nosso Eu, manifestando plenamente a nossa divindade, em diversas áreas, como homens e mulheres do Novo Renascimento… intelectuais e sensíveis … cientistas e artistas… vivendo a Razão e o Coração !

Um abraço duplo,

João Medeiros

Artigos Relacionados:

0

Adicionar um comentário


Share This

Receba grátis o 1º Ebook da coleção Zodíaco - o Signo de Carneiro / Áries , ao subscrever a newsletter!

  • Conheça o Signo de Carneiro / Áries em detalhe
  • Padrões Comportamentais
  • Características Fisionómicas
  • Os Diversos Planetas no Signo
  • A Simbologia dos 30 Graus com imagens