Blog

Visão Astrológica – 2014 – Aliança e Paixão

Postado por:

Quais as perspetivas para o ano 2014? Atendendo aos eventos de 2013, quais as tendências para o novo ano? Quais os acontecimentos astrológicos mais significativos para este próximo ciclo? Que desafios estão em questão? O que desenvolver, tanto no plano individual como coletivo?

Para responder a estas questões teremos de: fazer um balanço de 2013;  rever quais os grandes ciclos mundiais em curso; entender as perspetivas de 2014, tanto num plano mundial, como nacional e individual.

2014-FireAndWater

1- Quais os grandes acontecimentos e que tendências se verificaram em 2013?

A nível mundial, os grandes acontecimentos foram:

– no plano político: a resignação do Papa Bento XVI (ver artigo); a eleição do Papa Francisco; a morte de Hugo Chavez; a continuação da crise internacional, mas com sinais de melhoria em diversas economias; o caso Snowden, com revelação da espionagem norte-americana aos aliados; a condenação de Berlusconi; as grandes manifestações no Brasil, contra a corrupção; o acordo da Organização Mundial de Comércio; e a partida de Nelson Mandela.

Todos estes eventos, em geral (excetuando a morte de Mandela), são o espelho natural de uma grande efeméride astrológica já comentada anteriormente: o ingresso da estrela Régulus em Virgem (ver artigo) – em 2011/2012 – dando início a uma nova era mundial de 2150 anos , que poderemos designar como Era de Aquário.

Nesta nova grande era, os poderes políticos, empresariais e pessoais terão de passar a ser exercidos de modo menos autoritário e imponente (Régulus em Leão) mas mais humilde, numa atitude de trabalho e genuíno serviço ao próximo. Sistemas monárquicos, ditaduras ou grandes controlos de mercado – que prejudiquem o grande público – terão tendência a ser desmascarados e denunciados pelas redes sociais.

Novas formas de protesto e organização cívica tenderão a emergir. A Primavera Árabe é o corolário mais evidente deste novo paradigma mundial, em que o protestante derruba o ditador.

Mas também a nível pessoal, esta transição de Era obriga a que cada ser humano se esforce e saiba trabalhar melhor, com mais eficiência e competência. O que também significa um certo fim da era dos “subsídios” ou dependências estatais e impulsiona ao “arregaçar de mangas”. De todos, em prol de uma sociedade mais igual e justa.

A quadratura de Urano e Plutão – em vigor desde 2012 até praticamente 2016 – acrescenta a tónica de crise, contestação e revolução de poderes, bem como um clima de instabilidade financeira mundial. Contudo, é uma oportunidade de ouro para que o indivíduo (Urano) se rebele contra o controlo, corrupção e poder instituído (Plutão), assumindo o seu próprio poder.

2013-planopolitico

Em geral, espera-se na nova grande Era também uma expansão do poder dos povos morenos (brasileiros, sul-americanos, indianos, etc) – uma vez que a estrela dos povos do Norte (Régulus) entrou num signo de Terra, associado a estas populações.

– no plano climático ou meteorológico: em 2013 acentuaram-se os desequilíbrios climáticos, com eventos de grande magnitude, dos quais se destaca obviamente o tufão Yolanda (o mais violento de sempre a atingir a terra) que devastou as Filipinas. Em geral, houve mais inundações e tempestades no mundo; e ocorreu também outro acontecimento inédito, a queda de um meteorito na Rússia, provocando vários estragos.

Esta intensidade de chuvas estará claramente associada ao trânsito de Saturno em Escorpião (o Signo da Tempestade), colaborando para um maior extremismo climático: tempestades e incêndios. O tufão das Filipinas começou a desenhar-se no Pacífico, no exato dia em que ocorreu o Eclipse do Sol em Escorpião, conjunto a Saturno: a 3 Novembro.

A tempestade Sandy, que ocorreu em 2012, também nasceu no dia da conjunção de Sol e Saturno. A mesma conjunção irá repetir-se a 18 Novembro de 2014.

2013-planoclimatico

 No âmbito global, contudo, o ano de 2013 ficará para a História, pela positiva, como o início do papado de Francisco I, que resgatou uma certa fé mundial pela sua atitude mais dedicada e de serviço. A morte de Mandela, pelo exemplo brilhante da sua vida, também ajudou a celebrar os ideais de humanismo e cooperação com os quais a maior parte do mundo se identifica e quer seguir.

A nível nacional (Portugal) os grandes acontecimentos do ano que passou foram:

– no plano político: a continuação do governo PSD-CDS (ver artigo) perante grande contestação e após um início de Verão muito instável – saída de Vitor Gaspar e demissão “irrevogável” de Paulo Portas – com intervenção do Presidente da República; mais emigração; mas melhores indicadores a nível do emprego e, particularmente, das exportações portuguesas que bateram o seu recorde.

Portugal-2013

No geral, apesar da continuação da crise e situações de maior pobreza, assistiu-se a um clima de um relativo alívio e mais esperança, atendendo aos sinais de melhoria económica, mesmo que ténues, a partir de meio do ano. Este andamento estará associado ao trígono de Júpiter e Saturno – que continuará presente até meio de 2014 – favorecendo um maior estímulo da economia mundial e, consequentemente, da economia portuguesa (falámos deste trânsito antes, nas perspetivas de 2013).

Portugal estará ainda assim – não obstante o ambiente de crise (necessário para a estimulação de maior eficiência) – a caminhar para o apogeu do quarto ciclo da sua história (2024-2038).  Isto corresponderá, entre outras questões, ao reconhecimento de Portugal como destino cultural/ turístico de eleição e dos portugueses como profissionais excelentes nos seus domínios, com diversos prémios.

No plano cultural,  estiveram em destaque os seguintes eventos: o filme a Gaiola Dourada – sucesso nacional e internacional; maior visibilidade de artistas portugueses; separação violenta de casais mediáticos; passagem de Portugal ao campeonato do mundo de futebol.

Portugal-cultural-2013

A nível individual, 2013 foi um ano de Água atendendo aos inúmeros trânsitos em Signos deste Elemento. A proposta foi no sentido de nos dedicarmos mais ao lado emocional, familiar, à cura interior, à espiritualidade e à solidariedade.

2- E o que dizer, então, do Ano 2014? Quais os trânsitos mais significativos?

Podemos adiantar que 2014 continuará a ser, coletivamente, um ano de contestações populares e ainda de tensão no plano financeiro mundial: os planetas Urano e Plutão continuarão o seu processo de quadratura, em signos cardinais (Carneiro / Áries ou “o Vulcão” e Capricórnio, “a Montanha”).

Porém e, particularmente nos primeiros 6 meses do ano, será natural um clima económico otimista e de crescimento no plano mundial e nacional: os planetas Júpiter e Saturno continuarão a formar um trígono, facilitando maior estabilidade e concretização dos negócios. Portanto, os sinais positivos do final de 2013 terão tendência a confirmar-se em 2014.

Transit_mundi_2014

No caso português, este ambiente pode favorecer o fim do programa de resgate com a Troika – uma vez que termina em Junho –  exatamente no clímax da melhor época de recuperação da economia mundial desde 2006.

Todavia, isto não quer dizer que o ano de 2014, embora animador, seja globalmente expansivo. Isto porque estamos ainda assim num ciclo de finalização do padrão consumista e capitalista, até 2020.

 O planeta Júpiter entra em Leão, em Julho, apelando à expressão das individualidades, da honra pessoal e do Ego, em choque com outra parte de nós – Saturno em Escorpião – que quer profundidade e verdade nas relações pessoais. Isto irá favorecer também maior crispação política, no final do ano, embora moderada.

 Genericamente – atendendo ao mapa da Grande Conjunção de 2000 -, os meses de maior tensão político-militar (e contestação popular) para o globo serão, à partida: Fevereiro-Março e, particularmente, Setembro-Outubro de 2014.

JupSat2014

 Saturno continuará o seu trânsito em Escorpião contribuindo para a erotização da sociedade, para climas extremos (de frio e de calor) e revelando verdades sobre negócios, grandes empresas, políticos, bancos  e sobre políticas secretas mundiais (como no caso Snowden ou Wikileaks).

 Mas podemos dizer também que 2014 é um ano de Vénus: teremos vários eclipses em signos de Vénus; Vénus conjunta ao Sol em eclipses importantes e, sobretudo, o planeta Marte a transitar em Balança / Libra (o “Arco-Íris”) – governado por Vénus – durante cerca de 7 meses.

Em termos práticos, um ano de Vénus sugere uma época em que as reuniões, as convenções, os casamentos, as festas, as celebrações, os concertos, os restaurantes, a música, a arte, a cultura estarão mais acentuados. Em Portugal, teremos mais uma vez eventos muito importantes neste domínio – como o Rock-in-Rio – e em termos mundiais – a Copa do Mundo do Brasil, naquele que se pretende como o maior campeonato do mundo de todos os tempos.

Apesar das relevantes polémicas em relação à verdade desportiva e ao custo dos estádios, é um evento que se pretende de grande união entre os povos e uma prova de maturidade do povo brasileiro, que já em 2013 se destacou nos grandes eventos mundiais: protestos contra corrupção e excelente recepção à visita do Papa Francisco.

MArteVenus-2014

O planeta Marte, transitando grande parte do tempo em Balança / Libra desafiar-nos-á nos nossos compromissos e relações pessoais. Mas também ajudará a acreditarmos em novas parcerias e a impulsionar as trocas comerciais mundiais. A entrada deste astro neste signo, no fim de 2013, coincidiu com a união mundial para a celebração da partida de Mandela (também ele com Marte em Balança – o guerreiro da Paz) e com o histórico acordo da Organização Mundial de Comércio.

Mercúrio começará a fazer retrogradações em signos de Ar, o que poderá significar maior probabilidade de encontros de velhos amigos e de parcerias, tanto na área do entretenimento (por exemplo, os Monty Python regressam) como na área empresarial.

Mercurio2014

Em termos individuais lembramos que uma análise mais fiável só poderá feita caso a caso, com a interpretação do mapa astrológico pessoal (que depende da hora de nascimento, entre outros fatores).

Ainda assim, grosso modo, podemos dizer que em 2014, por comparação a anos anteriores, a nível individual:

– as pessoas de Signo solar ou Ascendente Libra / Balança (“o Arco-Íris”) serão, em geral, desafiadas a assumir uma certa coragem e liderança pessoal, particularmente nos primeiros 7 meses do ano, atendendo ao trânsito de Marte neste signo (por exemplo, tornando-se mais independentes/ líderes no trabalho ou mesmo nas relações pessoais);

– as pessoas de Signo solar ou Ascendente Caranguejo / Câncer (“a Fonte”) continuarão a ser favorecidas e protegidas nos seus projetos e vontades até meio de Julho, atendendo ao trânsito de Júpiter ainda neste signo – este astro promove normalmente a expansão, a liberdade e a juventude de espírito (o sorriso);

– durante a segunda metade ano, essa influência passará mais para as pessoas de Signo solar ou Ascendente Leão (“a Luz”) embora sobretudo as que nasceram nos primeiros 15 dias desse Signo (de 22 Julho a 8 de Agosto);

– as pessoas de Signo solar ou Ascendente Escorpião (“a Tempestade”) continuarão durante o ano todo a integrar a aprendizagem de Saturno, que traz sempre mais provas, responsabilidades e exigências – ajudando ao ganho de maturidade (mesmo que com alguns cabelos brancos extra, muito charmosos);

– por consequência também do trânsito de Saturno, as pessoas de Signo solar ou Ascendente Touro (“o Jardim”) ou Aquário (“a Neve”), sobretudo dos últimos 15 dias (ou 15 graus), também estarão sob desafios bastante fortes sendo-lhes proposto que evoluam em responsabilidade, poder pessoal e auto-suficiência;

2014_planetas_superiores

Em relação aos restantes Signos, com reservas interpretativas, podemos ainda acrescentar que:

– as pessoas de Signo ou Ascendente Gémeos (“a Brisa”) ou Virgem (“a Areia”), especialmente dos últimos dois decanatos (nascidas a partir de dia 1 dos respetivos meses) terão tendencialmente um ano relativamente neutro de influências planetárias e, portanto, de maior livre-arbítrio e calmaria;

– pessoas de Signos solares ou Ascendentes Carneiro /Áries (“o Vulcão”) e Capricórnio (“a Montanha”) poderão ter um ano extremamente desafiante, poderoso e transformador- sobretudo se nascidos entre 1 a 6 do respetivo mês – ou mais tranquilo (nos outros casos) pese embora sempre com tensões com Marte nos primeiros 7 meses, provocando algum choque de feitios e necessidade de decisões / cortes / afirmações no dia-a-dia; estas energias continuarão a ser pressionadas e transmutadas pela passagem de Urano e Plutão nestes Signos.

– pessoas de Signo solar ou Ascendente Sagitário (“a Fogueira”) terão propostas mais leves, particularmente as nascidas nos últimos dois decanatos e sobretudo a partir de Julho devido ao trígono de Júpiter;

– pessoas de Signo solar ou Ascendente Peixes (“o Mar”) também continuarão a ter um horizonte de propostas mais suaves, sobretudo os nascidos nos últimos dois decanatos, e especialmente nos primeiros 7 meses do ano;

– dependendo do dia de nascimento ou grau de Ascendente as pessoas com influências dos Signos Mutáveis – Gémeos, Virgem, Sagitário e Peixes – sobretudo nos graus 5 a 7 (dias 26 a 30, dependendo do mês) terão mais propostas de Neptuno, que pede maior compaixão, amor, abertura de coração e espiritualidade.

Phoenix-mythology

Conclusão:

 Em suma, poderemos dizer que 2014 – um ano “sexy”, pelas posições em Leão, Libra e Escorpião – transporta uma proposta de esperança e bonança em relação às situações críticas dos últimos anos,  particularmente no domínio económico. Isto será possível  através de maior espírito de parcerias e cooperação, embora não possamos considerar um ano de “resolução” definitiva da crise de valores mundiais.

Pelo contrário, persistirá a proposta de assumirmos o nosso poder individual contra as manipulações (políticas, laborais ou financeiras), sendo a segunda metade do ano especialmente “quente” neste plano, com a entrada de Júpiter em Leão.   Os eclipses em que Vénus é senhora poderão ainda assim favorecer a criação de um ambiente de união, festividade e amor neste mesmo cenário transformativo mundial.

Por todas as razões, podemos chamar a 2014 o ano da Pomba e da Fénix: paz e poder, serão valores conciliáveis? Compete a cada um de nós conseguir integrar este paradoxo sendo simples e cooperativos, mas simultaneamente corajosos, autoconfiantes e apaixonados.

Muito obrigado e que tenha um 2014 esplendoroso!

(se quiser, pode ouvir o gratuitamente o webinário/ palestra sobre este mesmo tema 😉 , ver em baixo )

Um abraço!

Lisboa, 25 Dezembro 2013

João Medeiros

 GRAVAÇÃO AUDIO DO WEBINÁRIO/ PALESTRA SOBRE 2014: Aqui!

acompanhe a audição com os acetatos:

ACETATOS DO WEBINÁRIO/ PALESTRA SOBRE 2014 (diagramas comprimidos – 7zip): Aqui!

Outras notas sobre o ciclo de retrogradação dos planetas superiores em 2014:

– Marte vira retrógrado a 1 de Março (a 27º Libra) e vira direto a 20 de Maio (a 9º Libra);

– Júpiter vira direto a 6 de Março (a 9º Caranguejo / Câncer) e retrógrado a 8 de Dezembro (a 22º Leão)

– Saturno vira retrógrado a 2 de Março (23º Escorpião) e vira direto a 20 Julho (16º Escorpião)

– Urano vira retrógrado a 21 Julho (16º Carneiro / Áries) e direto a 21 Dezembro (12º Carneiro/ Áries)

– Neptuno vira retrógrado a 9 Junho (7º Peixes) e direto a 16 Novembro (4º Peixes);

– Plutão vira retrógrado a 14 Abril (a 13º Capricórnio) e direto a 22 Setembro (11º Capricórnio)

 

Recomendações:

Livro recomendado sobre Astrologia Psicológica e Espiritualidade: A CARTAA-Carta-Capa-Small

Jornal astrológico trimestral gratuito : 4 ESTAÇÕES

Curso: Técnicas Holísticas e Evolução Transpessoal

Curso: Formação Dinâmica em Astrologia – Nível 1

 


 

Artigos Relacionados:

2

Comentários

  1. Maria Mar  Dezembro 26, 2013

    Olá João

    Fantástico como sempre e mais uma vez grata por partilhares connosco a tua sabedoria.
    Ahhh e a preparar-me para o desafio da Montanha que vai ser grande

    responder
    • joaomed  Dezembro 26, 2013

      Obrigado Maria! Grande ano 2014

      responder

Deixe uma resposta para Maria Mar
Clique aqui para cancelar a resposta


Share This

Receba grátis o 1º Ebook da coleção Zodíaco - o Signo de Carneiro / Áries , ao subscrever a newsletter!

  • Conheça o Signo de Carneiro / Áries em detalhe
  • Padrões Comportamentais
  • Características Fisionómicas
  • Os Diversos Planetas no Signo
  • A Simbologia dos 30 Graus com imagens